BCE/Minutas: Resps consideraram retirar compromisso acelerar QE em junho

0

FRANKFURT (DJ Bolsa)– Os responsáveis de política monetária do Banco Central Europeu discutiram a forma como deveriam sinalizar que estão mais confiantes em relação à economia da Zona Euro e consideraram retirar o compromisso de acelerar o programa de compra de obrigações, de acordo com as minutas da reunião de junho.

Os responsáveis do BCE deram um pequeno passo na direção de reduzir o elevado programa de estímulos no encontro de política monetária de junho, através da indicação de que é improvável cortar mais as taxas de juro.

Pelo menos um responsável sugeriu que o BCE deveria ir mais além e deixar cair a promessa de acelerar o programa de compra de obrigações, conhecido como alívio quantitativo, tendo em conta a melhoria do outlook económico, disse o BCE nas minutas divulgadas esta quinta-feira do encontro de junho que ocorreu na Estónia. Outros responsáveis pediram cautela, apontando para os números fracos da inflação.

A promessa do BCE de aumentar novamente o programa de compra de obrigações “pode ser revisto” à medida que a “expansão económica se for prolongando e melhorar a confiança no outlook da inflação”, segundo as minutas.

Ainda assim, “há um consenso entre os responsáveis de que a atual política monetária continua apropriada”, tendo em conta a desaceleração da inflação, dizem as minutas.

A inflação da Zona Euro recuou para 1,3% em junho, longe do alvo do BCE de ligeiramente abaixo de 2%.

“Ajustes graduais à comunicação do conselho de governadores (…) estarão em linha com os desenvolvimentos da avaliação de risco”, dizem as minutas.

Os responsáveis do banco central também se mostraram confusos com a combinação entre um crescimento económico mais forte e a desaceleração da inflação.

– Por Tom Fairless (tom.fairless@wsj.com)

Partilhar

A seção de comentários está encerrada.