EDP compra apenas 5,03% da EDPR por EUR296M

0

LISBOA (DJ Bolsa/Webtexto)– A EDP – Energias de Portugal comprou apenas 5,03% da EDP Renováveis durante a oferta pública de aquisição lançada em março, por cerca de 296 milhões de euros ($347,7 milhões), elevando a posição da casa-mãe para cerca de 82,6%, de acordo com um comunicado divulgado pela Euronext, esta sexta-feira.

A EDP já era a principal acionista da empresa de energia limpas, com 77,53% da EDP Renováveis antes da operação, tendo oferecido EUR6,75 por cada ação que ainda não detinha.

Por comprar, ficaram 17,44% da Renováveis, o que significa que o grau de aceitação foi reduzido.

A EDP falha também a obtenção de mais de 90% do capital da sua subsidiária, um dos critérios essenciais para poder avançar com a eventual retirada da bolsa da Renováveis. A EDPR mantém-se assim no PSI-20, acrescenta o comunicado da Euronext.

Na altura do lançamento da oferta, a EDP tinha admitido que poderia retirar a EDP Renováveis da Bolsa de Lisboa, caso viesse a obter mais de 90% da sua participada no final da operação.

No entanto, o valor da oferta foi considerado como reduzido por alguns acionistas. Numa posição divulgada a 21 de julho, a Massachusetts Financial Services Co., ou MFS, detentora de cerca de 4% do capital da EDPR, disse que a oferta “não representa um valor justo para os acionistas minoritários” e pedia à EDP para rever o número.

As ações da EDP – Energias de Portugal fecharam a sessão desta sexta-feira a valer EUR3,150, em alta de 2,2%. A EDP Renováveis ganhou 0,5% para EUR6,797.

– Por Gonçalo Saraiva Amaro (goncalo.amaro@webtexto.pt)

Partilhar

A seção de comentários está encerrada.