Novartis: FDA defende aprovação de tratamento para a leucemia

0

(DJ Bolsa)– Um grupo de peritos da área oncológica votou de forma unânime a favor da aprovação do primeiro tratamento focado nos genes para tratar uma forma agressiva de leucemia em crianças e jovens adultos.

O tratamento, chamado CTL019 e desenvolvido pela suíça Novartis AG, funciona através da modificação das células imunitárias do próprio paciente, o que as torna mais eficazes na busca e remoção das células cancerígenas. O tratamento envolve retirar sangue ao paciente, alterar geneticamente as células T, um tipo de célula imunitária, e voltar a injetar o sangue no paciente.

Um painel da Food and Drug Administration, ou FDA na sigla em inglês, composto por especialistas da área oncológica dos EUA, votou de forma unânime que este tratamento tinha mais benefícios do que riscos. Este tipo de avaliação é visto como uma indicação de que a FDA deve aprovar o tratamento.

A FDA não é obrigada a seguir a recomendação do painel, mas habitualmente fá-lo.

Para a Novartis, a aprovação da FDA abre a porta a uma nova fonte de receitas potencialmente elevadas. Analistas da Jefferies estimam que este tratamento pode registar vendas anuais de $850 milhões até 2021.

A Novartis disse que no ensaio clínico, 52 dos 63 participantes que receberam o tratamento ficaram livres de cancro após três meses. Estes pacientes não tinham tido resultados com os tratamentos convencionais, ou tinham registado uma reincidência da doença.

-Por Denise Roland (Denise.Roland@wsj.com)

Partilhar

A seção de comentários está encerrada.