Portugal: PIB contrai 16,5% no segundo trimestre devido à pandemia

0

LISBOA (DJ Bolsa/Webtexto)– O produto interno bruto de Portugal afundou 16,5% em termos homólogos no segundo trimestre do ano, devido ao impacto da pandemia e das medidas de confinamento aplicadas para conter a propagação do vírus.

Em cadeia, a economia registou também uma contração histórica de 14,1%.

“Este resultado é explicado em larga medida pelo contributo negativo da procura interna para a variação homóloga do PIB, que foi consideravelmente mais negativo que o observado no trimestre anterior, refletindo a expressiva contração do consumo privado e do Investimento”, disse o INE na leitura preliminar do PIB antecipada para esta sexta-feira.

A contração face ao primeiro trimestre também se deve principalmente ao contributo negativo da procura interna e um contributo mais negativo da procura externa líquida, disse o INE.

No primeiro trimestre, quando se fez sentir o impacto inicial da pandemia, o PIB contraiu 2,3% em termos homólogos e 3,8% em cadeia.

O governo de Portugal previu no Orçamento do Estado suplementar em junho que a economia deve contrair 6,9% este ano e crescer 4,3% em 2021.

– Por Eduardo Correia (eduardo.correia@webtexto.pt)

Partilhar

A seção de comentários está encerrada.