MARKET TALK: IPC de Portugal aumenta para 1,5% em julho

0

(DJ Bolsa/Webtexto)– A inflação homóloga de Portugal foi de 1,5% no mês de julho, face aos 0,5% do mês anterior, disse o Instituto Nacional de Estatística esta quarta-feira. 

Segundo o INE, este aumento “reflete essencialmente a dissipação dos efeitos de base relacionados com o impacto da pandemia Covid-19”. A leitura ficou inalterada face à estimativa preliminar de 30 de julho. Em cadeia, o índice de preços no consumidor, ou IPC, foi de -0,3%. O setor do vestuário e calçado foi o que mais contribuiu para a redução da taxa de variação mensal, “em consequência do início do habitual período de descontos de fim de coleção”, disse o INE. A inflação subjacente, que exclui bens alimentares não transformados e produtos energéticos, registou uma variação homóloga de 0,8%, mais 1,1 pontos percentuais do que em junho de 2021. Quanto ao índice harmonizado de preços no consumidor, ou IHPC, este registou uma variação de 1,1% em termos homólogos, mais 1,7 pontos percentuais do que em junho. Em cadeia, o IHPC foi de -0,4%. (mariana.godinho@webtexto.pt)

Partilhar

A seção de comentários está encerrada.