BCP passa a prejuízo líquido no segundo trimestre

0

LISBOA (DJ Bolsa/Webtexto)– O Banco Comercial Português disse esta segunda-feira que passou a um prejuízo líquido no segundo trimestre, penalizado pelo aumento dos custos operacionais e pelas perdas da unidade polaca.

FACTOS RELEVANTES:

– O prejuízo líquido do banco foi de 45,5 milhões de euros ($53,7 milhões), um número que compara com um lucro líquido de EUR40,7 milhões no período homólogo.

– A margem financeira — diferença entre os juros pagos nos depósitos e cobrados nos empréstimos — subiu para EUR392,4 milhões contra EUR375,6 milhões no mesmo período do ano passado.

– Os custos operacionais aumentaram para EUR338,8 milhões face a EUR269,7 milhões no período homólogo.

– As provisões contra crédito malparado diminuíram para EUR45,9 milhões face a EUR151,4 milhões no trimestre homólogo.

– Os resultados das operações financeiras foram de um lucro de EUR38,2 milhões face a uma perda de EUR25,5 milhões no mesmo período do ano anterior.

– O rácio de capital CET1 pro forma situava-se nos 11,8% a 30 de junho, de acordo com as regras da Autoridade Bancária Europeia numa base de implementação total.

– No total do primeiro semestre, o lucro líquido do BCP desceu para EUR12,3 milhões contra EUR76 milhões no ano anterior.

– A unidade polaca registou um prejuízo líquido de EUR112,7 milhões no primeiro semestre de 2021, penalizada por “provisões relacionadas com riscos legais associados à carteira de créditos hipotecários concedidos em moeda estrangeira”, refere o banco.

– As ações do BCP fecharam esta segunda-feira a valer EUR0,128.

– Por Pedro Barros Costa (pedro.costa@webtexto.pt)

Partilhar

A seção de comentários está encerrada.